Fechar
Esportes

Com lei do ex, Ceará vence, se aproxima do G-6 e aumenta jejum do Corinthians

26 de Novembro de 2021

00h25

Fonte: ge.globo.com

Vozão vence
Em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, o Ceará venceu o Corinthians por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, na Arena Castelão, e começa a sonhar com a possibilidade de entrar no G-6 – o jogo foi válido pela 35ª rodada. Yony González, de passagem apagadíssima pelo Timão em 2020, foi o herói da vitória do Vozão com um gol nos minutos finais, fazendo explodir de alegria o estádio. Antes, Vina havia aberto o placar no primeiro tempo, e Róger Guedes empatado com um golaço no segundo. A equipe de Tiago Nunes, também ex-Corinthians, sobe na tabela e vê novos rivais de perto. Já o Timão, apesar da derrota, continua no G-4 pelo menos por enquanto – o Fortaleza, que também jogou nesta quinta, perdeu para o Santos e não ultrapassa o time de Sylvinho mesmo após mais um tropeço fora de casa.

Como fica?
A vitória leva o Ceará aos 49 pontos, na oitava posição e já com Fluminense, Bragantino e Fortaleza ao alcance. O Corinthians permanece com 53, em quarto lugar, mas desperdiça uma ótima chance de abrir distância.

Artilharia e lei do ex
Com seis gols nos últimos sete jogos pelo Brasileirão, Vina é peça fundamental na recuperação do Ceará. Nesta quinta, fez um golaço ao aproveitar erro de Cássio na saída de bola, deu trabalho ao sistema defensivo do Corinthians e irritou os adversários. Já Yony González entrou no segundo tempo e marcou contra o ex-clube, onde mal jogou e foi devolvido ao Benfica em 2020 sem marcar um gol sequer.

Segue o jejum
O Corinthians chegou a oito jogos como visitante no returno do Brasileirão, sem uma vitória sequer. Com a derrota desta quinta, o Timão chega a cinco, além de três empates fora de casa na segunda parte do campeonato. Willian analisou mais um resultado negativo.

Primeiro tempo
Com cerca de 40 mil torcedores presentes no Castelão, o Ceará começou botando pressão no Corinthians e conseguiu abrir o placar antes dos cinco minutos. Cássio saiu jogando errado, Lima interceptou, e Vina marcou um belo gol de fora da área. O gol fez o Timão sair de trás, e a equipe aos poucos foi criando oportunidades. As melhores foram desperdiçadas por Gabriel Pereira, que parou em grande defesa de João Ricardo, e de Gil, que chutou bola que tirou tinta da trave. Com vantagem no placar, os jogadores do Ceará valorizaram as faltas e gastaram tempo. Houve um momento de tensão após Gabriel fazer uma falta em Vina, levar cartão amarelo e depois ir cobrar o jogador do Ceará. Os jogadores dos dois times fizeram aquele bolinho, e as reclamações seguiram até depois do apito do árbitro para a parada do intervalo.

Segundo tempo
O Ceará recuou, e Sylvinho percebeu o momento para levar o Corinthians ao ataque, lançando Willian e Renato Augusto nas vagas de Du Queiroz e Luan. O Timão realmente melhorou e passou a empurrar o Vozão para o campo de defesa, criando chances pelos lados e exigindo boas defesas de João Ricardo. Com a bola cruzando tantas vezes a área adversária, o gol de empate parecia natural: saiu só aos 38, com Róger Guedes, após bom passe de Willian, drible em cima do zagueiro e belo chute no ângulo. Pouco depois, Sylvinho promoveu a estreia do lateral-direito João Pedro, e ele acabou sendo vencido por Yony González no cruzamento de Igor. O colombiano mandou para as redes e deu a vitória ao Ceará.

Próximos jogos
O Corinthians recebe o Athletico-PR no domingo, às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena. Já o Ceará só volta a campo na próxima terça para enfrentar o Flamengo, às 20h, no Maracanã. Os dois jogos são válidos pela 36ª rodada do Brasileirão.