Fechar
Esportes

Chegadas e saídas: o que esperar do Santos no período de contratações

10 de Dezembro de 2021

13h24

Fonte: ge.globo.com

Com o fim da temporada, começa o período de contratações. No Santos, porém, o momento é de avaliação. Antes de buscar peças para a equipe, o Peixe deverá definir quem fica ou não para 2022.

Na última semana, o técnico Fábio Carille citou a necessidade de trazer três ou quatro jogadores para potencializar os jovens do elenco – um deles deve ser o zagueiro Eduardo Bauermann, que confirmou conversas com o Peixe. Porém, existe a preocupação de que atletas importantes acabem deixando o clube.

Com a permanência garantida para 2022, o tom adotado pelo treinador é de cautela, já que existe o risco de perder atletas. Com isso, o número de reforços que o Santos necessitaria poderia ser maior.

– Eu vou falar de seis jogadores, sendo que três assim fortes para chegar e comandar o time e três para formar um elenco mais equilibrado. Falo de seis, mas podem ser mais. Começamos a ouvir possibilidades de saídas, então ficamos um pouco perdidos enquanto não tivermos definições de saídas e chegadas de jogadores. Ficamos em cima do muro – avaliou Carille, que citou Felipe Jonatan como um dos jogadores com potencial para ser negociado.

Pará e Jean Mota já deixaram o clube. Danilo Boza pode aumentar a lista de saídas. O atleta está emprestado pelo Mirassol até o fim do ano e não deve permanecer. Outro nome que pode estar fora do clube é Diego Tardelli, com contrato até dezembro, mas que poderia estender o vínculo até o fim do Campeonato Paulista.

O Alvinegro também vive indefinição com dois atacantes. Marinho já expressou o desejo de poder atuar no futebol árabe. Anteriormente, o presidente Andres Rueda garantiu que poderá ouvir propostas, desde que sejam vantajosas para clube e atleta. Já Marcos Leonardo tem contrato até outubro de 2022, e a renovação vive um impasse. Com bons números na reta final do Brasileirão, o atleta pode chamar a atenção no mercado.

Peças vão chegar

Mesmo com esses riscos, Fábio Carille mantém o otimismo com o elenco para a próxima temporada. Segundo ele, nomes estão sendo discutidos, e o executivo de futebol do Santos, Edu Dracena, já trabalha para reforçar a equipe.

– Vai melhorar, pode ter certeza. (...) Vão chegar peças, vai ser melhor, mas quem são essas peças, como vamos jogar, qual vai ser a proposta do grupo, é muito cedo – disse Carille.

Willian, atacante do Palmeiras, interessa ao Santos. Nesta quinta, Fábio Carille foi perguntado sobre dois possíveis reforços: o zagueiro Léo, de 35 anos, que atuou pelo Cruzeiro, e o volante Richard, de 27 anos, que pertence ao Corinthians e esteve emprestado ao Athletico.

– O Léo é um jogador experiente, uns dez anos de Cruzeiro. Claro que se o Edu trouxer esse nome, vamos analisar, é um jogador experiente, talvez seja do perfil de que a gente precisa. O Richard, eu trabalhei com ele no Corinthians, foi campeão comigo, tem imposição, chegada, organização e marcação forte. Se houver essa possibilidade, claro que nos acrescenta bastante equilibrando o grupo e tornando mais forte. Mas vou deixar isso para o Edu – avaliou Carille.