Fechar
Região

Tupã: Menina de 9 anos comemora Natal com café da manhã especial para coletores de lixo

29 de Dezembro de 2021

08h50

Por Desirèe Assis, g1 Bauru e Marília

Uma menina de nove anos comemorou o Natal de uma maneira diferente na manhã de terça-feira (28): com um café da manhã dedicado aos coletores de lixo de Tupã (SP).

Ao g1, a mãe dela, Cristiane Marino, disse que a filha, Ana Alice, pediu em 2020 que o presente de Natal fosse uma festa aos coletores de lixo, já que a menina é encantada pelo trabalho que os servidores realizam.

Porém, dada a pandemia de coronavírus, Cristiane diz que não tinha condições financeiras de realizar a festa naquele ano. Afinal, estava desempregada por trabalhar no setor de eventos. Para sua surpresa, em 2021 a filha repetiu o pedido.

"Todas as vezes em que os coletores passam na rua junto ao caminhão de lixo, a minha filha quer cumprimentar. Ela é uma menina muito especial, ela tem um coração de ouro. Então, eu prometi que, assim que retornasse ao trabalho, eu faria a comemoração", diz.

Com a iniciativa organizada, a mãe fez o convite ao responsável pelos funcionários, que logo aceitou, e, segundo Cristiane, disse estar empolgado com a comemoração.


Suco de acerola, café, refrigerante, bolo, rosca doce, pão de queijo e até cachorro quente foram os pratos principais do café da manhã, que contou com a participação de sete coletores e da família de Ana.

Para enriquecer o dia, Ana pediu à mãe que ainda presenteasse os funcionários. Por isso, Cristiane e a família juntaram forças para embalar um panetone e um refrigerante para cada um dos coletores, além de proporcionarem o café da manhã recheado.

Assim que percebeu que os coletores estavam chegando à casa da família, que fica no bairro Cohab Cris do município, Ana se prontificou a abraçar cada um deles. Com ajuda de um Papai Noel, a família entregou os presentes e recebeu de volta um sorriso estampado no rosto dos servidores.

Ao g1, Ana Alice contou que acredita no trabalho dos coletores e que eles deveriam ser mais valorizados pela sociedade. "Sempre que eles passam em casa, eu quero cumprimentar. Eu gosto do trabalho que eles fazem, eles são muito queridos por toda a minha família", explica.

A pequena Ana Alice também relata como está ansiosa para os próximos Natais, já que espera comemorar ao lado dos coletores todos os anos seguintes. "O trabalho deles é muito digno, não é qualquer um que faz isso. Eu fiquei muito feliz, quero repetir em todos os Natais", afirma.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS