Fechar
Região

Polícia Ambiental recolhe petrechos de pesca no Rio do Peixe

11 de Fevereiro de 2022

12h37

Redação Bastos Já

A Polícia Ambiental de Tupã apreendeu três tarrafas, uma linhada de mão e coletes salva vidas artesanais no Rio do Peixe, município de Parapuã, nesta sexta-feira, dia 11. A ocorrência foi registrada pelo soldado Moraes (equipe terrestre) e cabo Piazentin, cabo Ravell e cabo Torres (equipe embarcação).

Durante a operação Piracema 2021/2022, a equipe de Policiamento Náutico ao aproximar-se da barragem, nas proximidades da ponte de madeira, visualizou um indivíduo saindo das margens do rio, carregando alguns objetos. 

Ao ver os policiais ambientais, o indivíduo adentrou a mata ciliar nos fundos dos ranchos. A equipe saiu no encalço do indivíduo, porém, o mesmo conseguiu se evadir. 



Ainda segundo a Polícia Ambiental, atrás de um dos ranchos, o indivíduo abandonou um saco branco contendo em seu interior as tarrafas, a linhada de mão e, ao lado, os coletes salva vidas artesanais. As tarrafas, que estavam molhadas, tinha as seguintes medidas: 1 tarrafa, medindo 2,10 metros de altura, com malhas de 70 milímetros, com cabo de nylon cor cinza, medindo 5,30 metros; 1 tarrafa medindo 2,35 metros de altura com malhas 120 milímetros; e 1 tarrafa medindo 2,10 de altura com malhas de 30 milímetros, com cabo de 5 metros. Não havia pescado capturado.

Os materiais foram apreendidos e ficarão depositado na sede da Base Operacional da Polícia Ambiental de Tupã aguardando o prazo regulamentar para destruição.

" É a Polícia Militar Ambiental na vanguarda do combate ao aquecimento global, por meio da conservação da biodiversidade alinhada ao desenvolvimento econômico sustentável."