Fechar
Região

Rinópolis: Polícia Ambiental multa em R$ 35,7 mil por desmatamento e impedir regeneração de vegetação

01 de Abril de 2022

07h22

Redação Bastos Já

A Polícia Militar Ambiental de Tupã aplicou duas multas que totalizaram R$ 35.775,00 depois de constatar impedimento a regeneração natural de demais formas de vegetação nativa e desmatamento em uma fazenda do Bairro Bairreirão, município de Rinópolis, nesta quinta-feira, dia 31. A ocorrência de natureza “supressão de vegetação nativa e intervenção em área de preservação permanente” foi registrada pela equipe cabo Ravelli, cabo Rodrigueiro, cabo Torres e soldado Moraes.

Se acordo com informações, em cumprimento a relatório de informações  técnicas elaborado pela 4° Companhia da Polícia Militar Ambiental através do monitoramento de imagens de satélites da cobertura vegetal do Estado de São Paulo, a equipe  compareceu ao local dos fatos e elaborou autuação, “por impedir a regeneração natural de demais formas de vegetação nativa em área correspondente à 0,39 ha em área de preservação permanente”, no valor de R$ 1.950,00,  incorrendo administrativamente no disposto do artigo 48 da Resolução SIMA 005/2021, e na esfera penal no Artigo 48 da Lei Federal 9.065/98.



Outra multa mais superior foi aplicada “por destruir 6,15 hectares de vegetação nativa em estágio inicial, mediante desmatamento em objeto de especial preservação sem autorização da Autoridade Competente”, no valor de R$ 33.825,00, incorrendo administrativamente no Artigo 49 da Resolução SIMA – 005/2021 e penalmente no artigo 50 da Lei 9.605/98. A corporação destaca que o trabalho “É a Polícia Ambiental na vanguarda do combate ao aquecimento global, por meio da conservação da biodiversidade alinhada ao desenvolvimento econômico sustentável”.