Fechar
Região

Polícia Civil de Tupã prende suspeitos de envolvimentos com o tráfico de drogas

01 de Junho de 2022

08h30

Redação Bastos Já – com informações de João Mário Trentini

A Polícia Civil de Tupã prendeu dois indivíduos suspeitos de envolvimento com o tráfico de entorpecentes. As prisões foram realizadas nessa terça-feira (30) após investigações feitas pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise). Os suspeitos, um desocupado de 27 anos e um marceneiro com 21 anos, que segundo o delegado Flávio Delgado de Melo são conhecidos dos meios policiais, foram conduzidos à Central de Polícia Judiciária (CPJ), autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e permaneceram aguardando deliberação de audiência de custódia.

O delegado Flávio Delgado de Melo disse que: “Com o recebimento de informações dando conta do tráfico de drogas praticado por dois moradores da Rua Domingos da Costa Lopes, no Jardim Itaipu, os policiais civis da DISE passaram a realizar investigações com o objetivo de apurar a procedência destas informações. Após inúmeras diligências, os agentes confirmaram a veracidade das informações, inclusive que dois indivíduos estariam utilizado aquele imóvel para fazer a venda direta aos usuários, enquanto que um outro imóvel localizado no Jardim Jaçanã era utilizado para guardar a droga e o transporte era feito por intermédio de um veículo Golf”.

Ainda segundo Flávio Delgado de Melo, foram expedidos os mandados de busca e “os policiais se deslocaram para os imóveis, onde os indivíduos foram surpreendidos e, com a presença dos policiais, tentaram dispensar a droga, parte de dela sendo arremessado pela janela e uma grande parte no vaso sanitário. Com a agilidade e competência, os policiais civis da DISE, com apoio de agentes da DIG, conseguiram apreender diversas porções de maconha e cocaína dentro do vaso sanitário, dois tabletes de maconha que haviam sido arremessados pela janela, além de quase R$ 7.000,00 em dinheiro e material para embalar e preparar a droga”.

O delegado acrescentou também que ao mesmo tempo “uma outra equipe foi até o imóvel localizado na Rua Emílio Ruiz, onde foi complementada a busca, tendo os policiais civis apreendido mais porções de cocaína, uma grande pedra de crack, balança digital, dois vasos com maconha plantada, eppendorfs vazios e material para embalar a droga” concluiu Flávio Delgado de Melo.