Fechar
Esportes

Quem é Janderson: conheça o jovem que estreou pelo Corinthians e usa lema de Neymar

02 de Maio de 2019

12h56

Fonte: globoesporte.globo.com

Conhece o Janderson? Pois se você é torcedor do Corinthians é bom ir se acostumando com este nome.

O meia-atacante de 20 anos estreou como profissional do Timão no segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, na última quarta-feira, foi elogiado pelo técnico Fábio Carille e deve começar a receber cada vez mais chances.

Natural de Barreiras, na Bahia, Janderson chegou ao Corinthians em agosto do ano passado, emprestado pelo Joinville, e rapidamente se firmou como titular da equipe sub-20.

Além da facilidade para driblar e da velocidade, o jovem se destaca por ter "muita personalidade", como disse Carille após a partida contra a Chape. Tanto é que, depois da estreia, ao falar sobre seu estilo de jogo, o meia-atacante usou o lema de ninguém menos do que Neymar:

– Eu jogo meu futebol, é ousadia e alegria. Não tem que intimidar, eu não caio na pressão de ninguém. É o que eu gosto de fazer, jogar bola! – afirmou.

Um dos destaques do Corinthians na Copa São Paulo de Juniores neste ano, com cinco assistências, o garoto teve sua contratação pedida por Carille, que decidiu promovê-lo definitivamente ao elenco profissional após o Paulistão.

Para ficar com o jogar, o Corinthians pagou R$ 200 mil ao Joinville por 20% dos direitos econômicos dele. O Timão também acertou que pagará R$ 500 mil por mais 50% em agosto.

Em fevereiro, Janderson assinou contrato até o fim de 2022.

– Sempre foi um sonho, até mesmo na Copa São Paulo a gente ia jogar e o estádio estava lotado. Aprendi a ter amor pelo Corinthians. Me dediquei para isso, estrear pelo profissional, quero agradecer essa torcida maravilhosa pelo apoio e o incentivo até o final – comentou o jovem, que disse ter ficado "um pouco tímido" em sua estreia.

O que pode ajudar Janderson a ter mais minutos em campo é o fato de Carille avaliar que ele tem características raras no elenco alvinegro, principalmente o drible. Mesmo assim a vida do meia-atacante não será fácil, já que ele tem forte concorrência. Além dos titulares Clayson e Pedrinho, disputam posição com ele Vagner Love, Mateus Vital, André Luis e Sergio Díaz. Em breve, o Timão também deve contar com Everaldo, que está em fim de contrato com o Fluminense.

Em cerca de 25 minutos em campo contra a Chapecoense, Janderson correu bastante, ajudou na marcação e tentou alguns dribles. O gol não saiu, mas, quando vier, será dedicado para a avó Maria, que mora em Missão de Aricobé, na Bahia, que é homenageada sempre que ele marca.