Fechar
Esportes

Eduardo Sasha emplaca sequência como titular e vira alternativa no Santos com ausência de camisa 9

07 de Maio de 2019

13h50

Fonte: globoesporte.globo.com

O início do Campeonato Brasileiro deu novo impulso ao atacante Eduardo Sasha, do Santos. Após começar o ano praticamente descartado pelo técnico Jorge Sampaoli, que liberou o atleta para negociar com outros clubes, o atacante ganhou espaço neste começo de competição e já marcou dois gols em três jogos.

Titular nas três primeiras rodadas do Brasileirão, Eduardo Sasha se tornou uma alternativa viável a um Santos que carece de um centroavante. Com boa noção de posicionamento ofensivo, o camisa 27 se encaixou no sistema de Sampaoli e provou seu valor ao treinador.

A primeira vez que Sasha empolgou Sampaoli foi no primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista, quando o Santos venceu o RB Brasil por 2 a 0, no Pacaembu. Na ocasião, o treinador admitiu o erro em ter dado poucas chances ao atacante.

No início da semana passada, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, Eduardo Sasha revelou que não pensou em deixar o Santos e disse que sempre soube que poderia mostrar bom futebol a Sampaoli.

Agora, com uma sequência de três jogos como titular, Sasha já acumula bons números neste início de Campeonato Brasileiro, que o credenciam a principal candidato para suprir a ausência de um camisa 9 no Santos.

De acordo com o site de estatísticas "FootStats", além de artilheiro do Santos na Brasileirão, Sasha é o segundo atleta que mais chutou a gol pelo Peixe até aqui na competição. Foram sete finalizações em três jogos, contra nove de Rodrygo.

No entanto, os números mostram que Sasha pode melhorar a pontaria e ampliar a boa fase pelo Santos. Isso porque dos sete chutes, apenas dois foram na direção do gol. Todos os outros cinco saíram direto pela linha de fundo, o que deixa o atacante com 28,6% de aproveitamento.

Assim, se melhorar a precisão do chute, Eduardo Sasha tem condições de, enfim, se firmar como atacante titular do Santos. Ao seu lado, Rodrygo, Soteldo e Derlis González brigam pela posição, mas tudo dependendo da forma como Sampaoli armar o time, que tem mudado constantemente.

Vale lembrar que Rodrygo deixará o Santos no meio do ano, quando se apresentará no Real Madrid, da Espanha.

O Santos volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), para enfrentar o Vasco, no Pacaembu, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.