Fechar
Esportes

Para não precisar de arrancada, Palmeiras traça meta antes da Copa América; veja as rodadas

16 de Maio de 2019

13h26

Fonte: globoesporte.globo.com

Apesar de ter sido campeão brasileiro em 2018, o Palmeiras não fez uma campanha tranquila. Foi, na verdade, uma campanha de recuperação após a saída do técnico Roger Machado e a chegada de Luiz Felipe Scolari. Um exemplo que a comissão técnica alviverde espera não ter de repetir neste ano.

Até a pausa da Copa América, o time de Felipão tem mais cinco jogos para tentar se manter na liderança do Brasileirão. Em quatro rodadas, o Verdão soma os mesmos dez pontos de Santos (adversário deste sábado, no Pacaembu) e São Paulo, mas está à frente pelo saldo de gols.

Se não conseguir conquistar os 15 pontos possíveis, uma meta considerada suficiente no formato por pontos corridos é vencer os três como mandante e empatar os dois como visitante. Veja abaixo as partidas:

18/05 – Palmeiras x Santos
25/05 – Botafogo x Palmeiras
02/06 – Chapecoense x Palmeiras
08/06 – Palmeiras x Athletico-PR
13/06 – Palmeiras x Avaí
– Se vocês pegarem 2017, os primeiros nove ou dez jogos foram onde o Palmeiras praticamente não conseguiu o campeonato ou teve que fazer uma pontuação (depois)... Em 2018 também – disse Felipão, no último domingo, ao final da vitória por 2 a 0 que tirou a primeira colocação do Atlético-MG, em Belo Horizonte.

Exemplos frescos na memória
O treinador tem razão. Em 2017, no retorno de Cuca ao clube, não houve uma paralisação do calendário do futebol brasileiro no meio do ano, mas o Palmeiras viu o Corinthians se desgarrar rapidamente. Após nove rodadas, o rival tinha dez pontos de vantagem (23 contra dez). Três rodadas mais tarde, a diferença era de 13 pontos.

No segundo turno, após a saída de Cuca, a equipe flertou com uma arrancada, chegou a ficar seis pontos atrás do Corinthians, mas tropeçou e terminou com o vice-campeonato.

Já na temporada passada, para tirar o título do Flamengo, o Palmeiras precisou correr atrás. O último compromisso antes da parada da Copa do Mundo, pela 12ª rodada, foi justamente um empate no confronto direto com o time carioca, que ficou com 27 pontos (oito a mais).

– Quando se corre atrás, a gente muitas vezes se perde. Então, se a gente estiver com uma pontuação adequada no fim dessa primeira etapa, a gente pode administrar algum ou outro jogo – receitou Felipão.