Fechar
Região

Golpe provoca prejuízos para trabalhadores em Tupã

22 de Maio de 2019

08h53

Por G1 Bauru e Marília

A Polícia Civil está investigando um crime de estelionato em Tupã (SP). Pelo menos seis pessoas foram vítimas do 'golpe de emprego' na cidade.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, os trabalhadores depositaram cerca de R$ 400 na conta de estelionatários, que se apresentam como representantes de uma transportadora de Maringá.

Segundo o secretário da pasta, que responde pelo Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Tupã, os estelionatários entraram em contato dizendo que abririam uma filial da suposta transportadora na cidade.

Os funcionários checaram o CNPJ e a empresa estava ativa. Eles selecionaram currículos de motoristas de caminhão como os falsos representantes da empresa haviam solicitado e encaminharam por e-mail.

Com acesso aos dados dos candidatos, os falsos representantes entravam em contato via telefone e pediam o depósito do dinheiro para garantir a vaga e explicavam que o valor seria para atualização de cursos para transporte de cargas.

Ainda conforme a pasta, os criminosos ainda pediam que não comunicassem ao PAT sobre essa questão. Pelo menos seis desempregados caíram no golpe. O caso foi registrado como estelionato na Polícia Civil.