Fechar
Região

Mulher morre vítima de atropelamento na Alameda Gastão Vidigal em Osvaldo Cruz

08 de Junho de 2019

07h25 (Atualizada às 06h31 do dia 11 de junho2019)

Por Bastos Já e Portal Metrópole de Notícias / Acally Toledo

Um atropelamento foi registrado no final da tarde desta sexta-feira (07), na Alameda Gastão Vidigal, em Osvaldo Cruz, saída para a Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425). Duas pessoas que são suspeitas de envolvimento no atropelamento foram identicados e detidas (veja detalhes abaixo).

Segundo informações apuradas no local do acidente, uma mulher, de 57 anos, moradora de um sítio localizado no Bairro XV, por motivos ainda a serem esclarecidos acabou sendo atropelada. Ela não resistiu aos ferimentos e faleceu no local do acidente.

De acordo com testemunhas, o veículo que teria atropelado a vítima, uma pick-up de cor branca, deixou o local e não prestou socorro à vítima. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar de Osvaldo Cruz atenderam a ocorrência.

Identificados e detidos


Ainda segundo o Poral FM Metrópole de Notícias, a Polícia Militar de Osvaldo Cruz deteve o condutor e passageiro do veículo que atropelou e matou Edna Alves de Melo. O caso foi esclarecido após os policiais verificarem um sistema de monitoramento da cidade, sendo possível capturar as imagens do atropelamento e identificar o veículo envolvido.

De posse das imagens e relatos de algumas testemunhas, foi feita uma varredura por várias propriedades rurais em que pessoas possuíam veículos de mesmo modelo e cor. Os policiais receberam a informação que um indivíduo, proprietário de veículo semelhante, morava em um sítio na direção em que o autor do delito seguiu após o atropelamento.

As
 viaturas se deslocaram para o local e, em uma garagem improvisada, visualizaram um carro completamente coberto por lençóis. Ao retirar o lençol, policias perceberam que se tratava do veículo que estava com a frente completamente destruída, como se estivesse colidido com algo que danificou a lateral esquerda, para-choque, farol, capô e para-brisa.

Ainda segundo a PM, o proprietário da pick-up informou que um amigo que conduzia o veículo. Questionado sobre o paradeiro do amigo, soube informar apenas que ele era de Salmourão. O proprietário foi detido e conduzido ao Plantão Policial.

Em
Salmourão foi detido o outro suspeito que, segundo a PM, revelou que estava em uma festa em um sítio em Osvaldo Cruz e que atropelou algo quando conduzia o veículo emprestado pelo proprietário que estava como passageiro. Foi detido e conduzido até a Delegacia de Polícia em Osvaldo Cruz.

Ainda segundo a Portal FM Metrópole de Notícias, o delegado Celso Pardo Soares, após teste de etilometro no motorista do veículo, ratificou a voz de prisão proferida pelos policiais militares e elaborou o B.O.P.C de homicídio qualificado na direção de veículo automotor. Os suspeitos ficaram a disposição da Justiça. Segundo informações do site G1 Presidente Prudente, os acusados teriam sido soltos na tarde dessa segunda-feira (10), após o pagamento de fiança  no valor de R$ 19.960, cada um.